Fim do Foro Privilegiado: Frente Ética pede votação com urgência

Adriana Ventura, presidente da Frente Ética, pede que o Presidente Rodrigo Maia coloque a PEC do fim do foro privilegiado em pauta
Adriana Ventura, presidente da Frente Ética, pede que o Presidente Rodrigo Maia coloque a PEC do fim do foro privilegiado em pauta

Em reunião na Residência Oficial da Presidência da Câmara, no dia 21 de fevereiro de 2019, a Deputada Federal Adriana Ventura (NOVO/SP), presidente da Frente Ética contra a Corrupção, pediu ao presidente Rodrigo Maia que colocasse em pauta, com urgência, o fim do Foro Privilegiado.

Adriana Ventura (NOVO/SP) reforçou a importância simbólica deste ato: “Presidente, o exemplo é muito importante nas mudanças de mentalidade. Nós, que fazemos as leis da Pátria, precisamos nos submeter a elas igualmente”. O Presidente Rodrigo Maia disse aos presentes: “O assunto é relevante. Vou falar com os líderes”.

O fim do foro privilegiado de cerca de 58 mil autoridades em caso de crimes comuns – presente na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do senador Álvaro Dias (Podemos-PR) – havia sido aprovado por unanimidade, em dezembro pela comissão especial da Câmara dos Deputados. A matéria, que já havia passado pelo Senado Federal, está em espera para ser votada por esta nova legislatura.

Além do Senador Álvaro Dias, convidado especial da Frente Ética Contra a Corrupção, e do líder do Podemos José Nelton, também estiveram presentes à reunião outros membros da diretoria da Frente Ética: os vice-presidentes Luiz Flavio Gomes (PSB) o Senador Alessandro Vieira (PPS). E ainda os deputados e membros da Frente Ética contra a Corrupção Rodrigo Agostinho, Rodrigo Coelho, Bia Kicis, Coronel Armando, Felipe Rigoni e Fernando Rodolfo.